pt-brfren
  • Sudorese excessiva e tratamento com Toxina Botulínica

    Sudorese excessiva e tratamento com Toxina Botulínica

    A hiperidrose, ou sudorese excessiva, é um problema muito frequente na população. Isso costuma causar muito constrangimento para o indivíduo, levando até a prejuízos no emprego e nas relações sociais.

    Existem vários tratamentos para a hiperidrose. O mais comum é o uso de desodorantes antitranspirantes. Apesar de prático, esse método muitas vezes é insuficiente. Nesses casos, uma opção interessante é o uso da toxina botilínica.

    Modo de ação
    O princípio de funcionamento é a paralisação da glândula secretora de suor na axila.
    A toxina botulínica deve ser aplicada exclusivamente por  médicos. Ela é injetada com uma agulha e seringa muito finas (como as de insulina) em vários pontos (25-50 por axila).

    Desconforto
    Como a agulha é bem fina e a quantidade de produto, pequena, a dor costuma ser bem tolerável. Alguns profissionais aplicam uma pomada anestésica e gelo durante o procedimento, o que diminui ainda mais o desconforto.

    Complicações possíveis
    As complicações mais frequentes são dor no local durante o procedimento, pequenos hematomas e vermelhidão local. Todos esses efeitos são passageiros. A ocorrência de alergia é um evento raro.

    Contraindicações
    Não é recomendável em mulheres grávidas, pessoas com doenças autoimunes e em uso de uma classe de antibióticos chamada aminoglicosídeos. Na dúvida, o melhor a fazer é consultar um dermatologista para saber a respeito do seu caso.

    Duração
    Geralmente a sudorese diminui em torno de duas semanas. O efeito esperado dura em torno de 9 meses, podendo chegar a um ano.

    Leave a reply →

Photostream